Sem categoria

“Escola, Família e Rede” foi tema do Educação em Rede

O Projeto Educação em Rede, que tem o apoio do Instituto Credit Suisse Hedging-Griffo, realizou encontros e dinâmicas com as crianças e adolescentes atendidos e suas famílias no mês de junho. Abordando o tema “Escola, Família e Rede”, os encontros tiveram o objetivo de trazer a reflexão e reforçar a necessidade de engajamento dos responsáveis no processo de aprendizagem de seus filhos, bem como o conhecimento sobre as diversas formas e o tempo de aprender.

Durante as atividades, na dinâmica chamada “Mito e Verdade”, os pais puderam discutir e trazer exemplos de como afirmações compreendidas como verdadeiras podem ser descontruídas, como nos exemplos: “Bom aluno é aquele que tira nota boa” ou “Tem gente que não adianta, não tem jeito para o estudo”. Todos foram unânimes em reconhecer afirmações desse tipo como mito.

Com a exibição do curta “Alike, uma reflexão de vida”, animação que propicia a oportunidade de refletir sobre os conceitos e visões de vida, os responsáveis aprenderam sobre a importância de se prestar mais atenção nos filhos e nos pequenos ganhos do dia a dia. Também trouxeram a observação de que é necessário algumas vezes fazer um esforço para sair da rotina e passar mais tempo com seus filhos.

Além das dinâmicas e encontros em grupo, as famílias vinculadas ao Projeto Educação em Rede são atendidas individualmente, recebendo apoio e orientação nas áreas de Psicologia, Educação e Cidadania e Renda.

Na Psicologia, os atendimentos são realizados com grupos de crianças e adolescentes, que têm possibilidade de refletir sobre as queixas escolares, ressignificando suas experiências e valorizando as conquistas individuais.

Na área de Cidadania e Geração de Renda os atendimentos favorecem o acesso das famílias a direitos sociais e garantem que desenvolvam a autonomia. Nessa área do projeto, o olhar e o cuidado com o adolescente também estão previstos no sentido de que ele comece a pensar o seu projeto de vida.

A área da educação, por sua vez, busca complementar as ações que já são desenvolvidas pela escola. Por meio de encontros semanais, as crianças e os adolescentes recebem apoio especializado que tem como propósito facilitar a superação das dificuldades de aprendizagem.

CLIQUE AQUI para assistir ao curta “Alike, uma reflexão de vida”, exibido para as famílias do Projeto Educação em Rede.

Sem categoria

A história da Lilian e da Isabela

Isabela, terceira filha de Lilian, nasceu prematura. A princípio, tudo corria bem com a criança. Mas o tempo foi passando e a pequena Isabela não se sentava, nem engatinhava. Durante a investigação médica na Santa Casa de São Paulo, veio o diagnóstico: paralisia cerebral. Lilian, então, se viu dentro de uma situação que jamais imaginou passar algum dia, pensando sobre as novas responsabilidades que deveria enfrentar da melhor forma possível.

 

 

Em uma das várias consultas a que a Isabela precisava comparecer, Lilian viu uma mãe carregando algumas latas do mesmo leite especial que ela dava à sua filhinha. E foi assim, pesquisando a origem da doação do leite, que ela tomou conhecimento sobre o Instituto C, cujo parceiro encaminhador também é a Santa Casa. A partir daí, sabendo dos benefícios que poderia ter para além do recebimento de alimentos e remédios, Lilian se prontificou a comparecer na entrevista de triagem no Instituto C.

 

 

Ela conta que evoluiu muito durante o seu processo dentro do ciclo de atendimentos. Na Psicologia, Lilian vem aprendendo a trabalhar sua insegurança, a lidar melhor com os problemas e a fortalecer sua autoestima. “Graças às orientações que recebo, pude enfrentar com serenidade o diagnóstico definitivo da Isabela”, ela nos contou emocionada. Já na área de Nutrição, Lilian destaca o aprendizado sobre alimentação saudável. “Hoje sei como lavar corretamente verduras, legumes e frutas. Também não caio mais nas propagandas enganosas dos alimentos. Aprendi a ler as informações nutricionais no rótulo dos produtos e sei bem o que é bom para minha filha e para minha família em geral”.

 

 

Lilian recebeu, ainda, acolhimento por parte da equipe de Educação, o que ajudou muito a melhorar o desempenho de seus filhos maiores na escola. A equipe de Renda também contribuiu muito para a transformação: “Com eles, venho criando o hábito de controlar minhas finanças. Tenho uma planilha onde anoto tudo o que ganho e tudo o que gasto. É um ótimo planejamento financeiro”.

 

 

Sorridentes e participativas, mãe e filha se engajaram no ciclo de atendimentos do Instituto C. “Adoramos este lugar. Aqui somos tratadas com muito carinho e sensibilidade. As meninas são maravilhosas, sempre prontas a ajudar, a dar conselhos, informações e orientações sobre nossos direitos de cidadão. Eu me sinto em casa, considero todas como se fossem da minha família. Claro que o leite, a cesta básica, as fraldas e os remédios que recebo são importantes, mas, sinceramente, para mim o mais gratificante é saber que no Instituto C eu cresci como mãe e como mulher; aqui tenho amigos, pessoas com quem eu posso contar”.

 

 

Apoie famílias como a da Lilian:

 

No mês de maio, arrecadamos R$26.470,34 com madrinhas e padrinhos que acreditam no nosso trabalho. Com esse valor, conseguimos dar conta dos itens emergenciais básicos que entregamos às famílias atendidas, como alimentos, fraldas, fórmulas nutricionais infantis e remédios que o SUS não fornece. Tendo em vista o crescimento dos nossos atendimentos, a nossa meta é atingir um volume mensal de R$ 40.000 em doações até o final de dezembro. Ajude agora e faça parte dessa transformação social! CLIQUE AQUI

Sem categoria

Desmistificando dúvidas sobre alimentação

Você sabe a diferença entre os açúcares disponíveis no mercado? Conhece as principais gorduras para cozinhar alimentos e quais são as mais saudáveis? Saiba mais sobre esse encontro a respeito da nutrição e alimentação saudável com poucos recursos que acontece bimestralmente no Instituto C.

As famílias atendidas nos projetos do Instituto C participaram de encontros no mês de abril, com rodas de conversa sobre alimentação saudável que abordaram o tema “Desmistificando dúvidas sobre alimentação”. Essa ação tem o apoio do FUMCAD (Fundo Municipal da Criança e do Adolescente), CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Cidadania, Cozinha de Verdade, Brazil Foundation e Katia Francesconi Fund.

Os participantes retomaram alguns pontos que já haviam sido tratados nos encontros de nutrição do ano passado, além de novas informações que elucidam principalmente sobre a diferença entre certos alimentos que comumente são consumidos, tais como: a diferença entre light e diet; os tipos de açúcar que são vendidos e suas principais características; diferença entre suco, néctar e refresco; melhores e piores gorduras para cozinhar; diferença entre manteiga e margarina.

CLIQUE AQUI para acessar o material preparado para especialmente para o encontro. Leia, e compartilhe com os seus familiares essas importantes dicas de nutrição!

Sem categoria

Projeto Primeira Infância inicia atividades

Com patrocínio do Instituto Samuel Klein, foi lançado pelo Instituto C o projeto Primeira Infância, propondo um acompanhamento multidisciplinar às crianças de unidades escolares da rede pública e suas famílias nos campos da nutrição, psicologia e assistência social. Conjuntamente com as escolas parceiras, o projeto visa a construir meios e recursos que vislumbrem um ambiente propício ao pleno desenvolvimento infantil.

O foco na primeira infância justifica-se na necessidade de apoiar os equipamentos públicos de educação numa crescente demanda pelo acompanhamento das importantes práticas que orientam e auxiliam o desenvolvimento infantil. No Brasil, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), quase metade (45%) das famílias brasileiras vivem com rendimento mensal per capita de até meio salário mínimo. Nesse cenário, é possível notar que itens como o aleitamento materno e alimentação complementar balanceada, que têm impacto positivo no desenvolvimento infantil e prevenção de doenças futuras, não são seguidos corretamente e não são plenamente incorporados. Também, nos âmbitos psíquico e cognitivo, a constituição subjetiva bem como o progresso psicomotor das crianças, dependem diretamente da participação e envolvimento de seus adultos de referência e dos recursos oferecidos pelo ambiente no qual estão inseridos.

Com a implantação do projeto Primeira Infância no mês de maio, foi realizada a formalização de parcerias com escolas públicas de educação infantil, sendo as primeiras parceiras a EMEI Ângelo Martino, a CEI Pinocchio III e a CEI Sagrada Família. Fizemos a capacitação da equipe do projeto, com treinamento sobre a metodologia do Instituto C, e iniciamos as interações com as escolas, apresentando o projeto para as equipes de professores e profissionais sobre temas relacionados à prevenção para os riscos ao desenvolvimento na primeira infância e apresentação do projeto para as famílias dos bebês e crianças matriculados.

Durante o mês de junho, estamos realizando as entrevistas com os profissionais das escolas e a avaliação das crianças para identificação de possíveis sinais de risco ao seu pleno desenvolvimento. Ao finalizarmos essas iniciativas será possível planejar as capacitações, orientações e acompanhamentos das escolas parceiras.

Com o projeto Primeira Infância, o Instituto C expande seu trabalho de acompanhamento e assistência multidisciplinar, cuidando de demandas não só dentro do escopo dos atendimentos realizados dentro da sede, como também nos próprios locais de atuação dos parceiros.Com o desenvolvimento do projeto, postaremos mais notícias por aqui.